Fórum Regional de Saúde do Trabalhador

dr-moral

No dia 10 de outubro do ano de 2016 foi realizado o Fórum Regional de Saúde do Trabalhador, no Centro Cultural de Palmeira das Missões, onde foi abordado o tema Assédio Moral no Trabalho Aspectos Jurídicos e Psicossociais. Os profissionais Gustavo R. Menegon Gerente de Recursos Humanos, Dienifer A. Machado da Silva Técnica em Segurança do Trabalhador e Milene A. Bortoli Favero Enfermeira Responsável Técnica se fizeram presentes no evento representando o Hospital Comunitário Sarandi.

O fórum foi idealizado e realizado pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST de Palmeira das Missões que é um serviço do Sistema Único de Saúde – SUS, cujo objetivo é atender as questões relativas à saúde dos trabalhadores. A saúde do trabalhador é uma área da Saúde Pública que tem como objetivo de estudo e intervenção as relações entre o Trabalhador e a Saúde. O evento reuniu mais de 500 pessoas, de 33 municípios da abrangência do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST Macronorte.

O primeiro palestrante foi o Prof. Dr. José Roberto Montes Heloani (UNICAMP-SP) que abordou Assédio Moral no Trabalho, Violência Psicológica e o Trabalho dos CERESTs o Professor colocou a importância da Ética e o valor de se parar para pensar e para falar a respeito do trabalho, a importância do respeito e do ato de ouvir o outro no que ele tem a dizer, foi colocado também que não existem organizações sem conflitos e que o conflito não é assédio, foram abordadas as formas de assédio, assédio descendente: é o tipo mais comum de assédio, se dá de forma vertical, de cima (chefia) para baixo (subordinados), o assédio ascendente: tipo mais raro de assédio, se dá de forma vertical, mas de baixo (subordinados) para cima (chefia) e o assédio paritário: ocorre de forma horizontal, quando um grupo isola e assedia um membro – parceiro. Segundo o professor normalmente quem pratica o assédio tem por característica mostrar que tem poder. Para finalizar o professor Heloani colocou que a ética não apenas se ensina mas se pratica pois a mesma é uma virtude.

O segundo palestrante do fórum foi o Prof. Dr. Gianfábio Pimentel Franco que abordou Assédio Moral x Desgaste Profissional: Atos e Omissões onde o mesmo abordou a rotulagem e julgamentos feitos pelos assediadores e também o perigo de se considerar normal aquilo que nos causa sofrimento. Foi colocado pelo professor a Síndrome de Burnout suas causas e consequências, além da desmotivação, baixa autoestima entre outros sintomas da síndrome, segundo dados depressão, ansiedade e estresse ocupam o 3° lugar no ranking de atestados com até 15 dias de afastamento. Para encerramento foi colocado a importância de se resolver os conflitos para uma melhoria no ambiente de trabalho.

O encerramento do fórum se deu com a palestra da Dra. Bárbara Schönhofen Garcia – Juíza do Trabalho na Vara de Palmeira das Missões que abordou Assédio Moral: Contexto e Prática Jurídica. Situações Trabalhistas de Assédio Moral que chegam nos Tribunais. A mesma abordou sobre a vivência em sociedade, a imprudência, a negligência e a imperícia, foi falado a respeito da indústria do dano moral e das indenizações como compensação financeira do dano sofrido. A mesma colocou de maneira clara e objetiva que o assédio moral é uma realidade e deve ser coibido em todas as esferas.

O fórum de uma maneira geral abordou o assédio moral em todos os seus aspectos de uma forma clara e objetiva. A participação neste evento trouxe ainda mais conhecimento aos participantes, o assédio moral é um tema delicado que foi trazido por profissionais de diferentes atuações para o conhecimento do grande público. Foi uma oportunidade ímpar para os profissionais do Hospital Comunitário Sarandi participar deste evento para aquisição de conhecimento.